TEMPO PER ANNUM - APÓS PENTECOSTES

(22 de maio a 26 de novembro de 2016)

Horários de Missa

CAMPO GRANDE/MS
Paróquia São Sebastião


DOMINGO
16:30h - Confissões
17h - Santa Missa

TERÇA A SEXTA-FEIRA
(exceto em feriados cívicos)
11h - Santa Missa

1º SÁBADO DO MÊS
16h - Santa Missa

Receba atualizações

Escreva para o blog:

missatridentina.psaosebastiao
@gmail.com

Marcadores

Nossa Sr.ª das Graças


Ave Maria, gratia plena;
Dominus tecum:
benedicta tu in mulieribus,

et benedictus fructus
ventris tui Iesus.

Sancta Maria, Mater Dei
o
ra pro nobis peccatoribus,
nunc et in hora
mortis nostrae.

Amen.

Nosso Padroeiro


Sancte Sebastiáne,
ora pro nobis.

Papa Francisco


℣. Orémus pro Pontífice nostro Francísco.
℟. Dóminus consérvet eum, et vivíficet eum, et beátum fáciat eum in terra, et non tradat eum in ánimam inimicórum ejus.
℣. Tu es Petrus.
℟. Et super hanc petram ædificábo Ecclésiam meam.
℣. Oremus.
Deus, ómnium fidélium pastor et rector, fámulum tuum Francíscum, quem pastórem Ecclésiæ tuæ præésse voluísti, propítius réspice: † da ei, quǽsumus, verbo et exémplo, quibus præest, profícere: * ut ad vitam, una cum grege sibi crédito, pervéniat sempitérnam. Per Christum, Dóminum nostrum.
℟. Ámen.

Dom Dimas Barbosa


℣. Orémus pro Antístite nostro Dismas.
℟. Stet et pascat in fortitúdine tua Dómine, sublimitáte nóminis tui.
℣. Salvum fac servum tuum.
℟. Deus meus sperántem in te.
℣. Orémus.
Deus, ómnium fidélium pastor et rector, fámulum tuum Dismam, quem pastórem Ecclésiæ Campigrandénsis præésse voluísti, propítius réspice: † da ei, quǽsumus, verbo et exémplo, quibus præest, profícere: * ut ad vitam, una cum grege sibi crédito, pervéniat sempitérnam. Per Christum, Dóminum nostrum.
℟. Amen.

Pe. Marcelo Tenório


"Ó Jesus, Sumo e Eterno Sacerdote, conservai os vossos sacerdotes sob a proteção do Vosso Coração amabilíssimo, onde nada de mal lhes possa suceder.

Conservai imaculadas as mãos ungidas, que tocam todos os dias vosso Corpo Santíssimo. Conservai puros os seus lábios, tintos pelo Vosso Sangue preciosíssimo. Conservai desapegados dos bens da terra os seus corações, que foram selados com o caráter firme do vosso glorioso sacerdócio.

Fazei-os crescer no amor e fidelidade para convosco e preservai-os do contágio do mundo.

Dai-lhes também, juntamente com o poder que tem de transubstanciar o pão e o vinho em Corpo e Sangue, poder de transformar os corações dos homens.

Abençoai os seus trabalhos com copiosos frutos, e concedei-lhes um dia a coroa da vida eterna. Assim seja!
"

(Santa Teresinha do Menino Jesus)

Seguidores

Acessos

Tecnologia do Blogger.
19 de jan de 2013

FESTA DO TITULAR DA PARÓQUIA SÃO SEBASTIÃO: Leituras e Comentário ao Evangelho

SÃO SEBASTIÃO, MÁRTIR
TITULAR (PADROEIRO) DA PARÓQUIA
Com Comemoração do 2º Domingo Após a Epifania


1ª Classe - Paramentos Vermelhos

 Martírio de São Sebastião. Gravura medieval anônima.


Epístola de São Paulo Apóstolo aos Hebreus 11, 33-39.

Irmãos: Foi pela fé que os santos venceram o mundo, praticaram a justiça, viram realizadas as promessas, fecharam a boca dos leões e extinguiram a violência do fogo. Foi pela fé que eles escaparam ao aço das espadas, triunfaram na enfermidade, foram heróis na guerra, e desbarataram os inimigos. Foi também pela fé que as mulheres tiveram a alegria de ver os seus mortos ressuscitados. Outros deixaram-se torturar voluntariamente, não querendo que os libertassem, a fim de encontrarem uma ressurreição melhor. Outros foram escarnecidos, açoitados, e até algemados e presos. Pela fé muitos foram apedrejados, serrados, postos à prova, e passados à espada. Levaram vida errante, vestidos com peles de ovelha e de cabra, despojados de tudo, perseguidos e maltratados. Pela fé houve homens, - o mundo não era digno deles! -, que andaram errantes no deserto e nas montanhas, escondidos nos antros e nas cavernas da terra: E todos estes, postos à prova para dar testemunho da fé, mostraram-se fiéis a Jesus Cristo, Nosso Senhor.


Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas 6, 17-23.

Naquele tempo: Descendo Jesus do monte, parou na planície, Ele e a comitiva dos seus discípulos, e uma grande multidão de povo de toda a Judeia, de Jerusalém e da região marítima de Tiro e de Sidônia, que tinham vindo para O ouvir, e para serem curados das suas doenças. Os que eram atormentados pelos espíritos impuros, também eram curados. Toda esta multidão procurava tocar-Lhe, porque dEle saia uma força que os curava a todos. Ele, então, levantando os olhos ao céu, disse: “Bem-aventurados vós, os que sois pobres, porque vosso é o reino de Deus; bem-aventurados vós, os que tendes agora fome, porque sereis saciados; bem-aventurados vós, os que chorais agora, porque vos alegrareis; bem-aventurados sereis quando os homens vos detestarem, vos repelirem, vos injuriarem, e proscreverem o vosso nome como infame, por causa do Filho do Homem. Rejubilai e exultai, nesse dia, porque será grande a vossa recompensa no céu.”


Traduções das leituras extraídas do Missal Quotidiano por Pe. Gaspar Lefebvre OSB (beneditino da Abadia de Santo André) – Bruges, Bélgica: Biblica, 1963 (com adaptações).


Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santo Ambrósio (aprox. 340-397), arcebispo de Milão e doutor da Igreja